Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

13.07.20

E as tatuagens????

Ninita

 

Muita gente é contra as tatuagens. Ai e tal, porque são feias. Ai e tal, porque estão a espetar agulhas na pele, com tinta. Essa porcaria só pode fazer mal.

 

ora, eu tenho 1 tatuagem. Sim, tenho. E dai???

 

Quando a fiz, juntamo-nos 3 (para ninguem fugir com o rabo a agulha) e marcamos numa pessoa de extrema confiança e la fomos nós.

Carago, todos as fizeram e deixaram-me para o fim. OK, tudo bem. Estive la ao pe de todos, na boa. E quando chegou a minha vez? Cavaram todos... pronto, foram comprar as pomadas para se por depois. Mas porra, fiquei la sozinha, com dores de caneco e ninguem para me dizer "ja passa"

Camelos.

 

Mas pronto. Na altura, escolhi fazer o nome da pirralha no pe. Aquela merda doeu tanto. Nos nervos.. Ai jesus.. Ate o rapaz dizia : Ninita Maria, eu sei que doi de caneco. E ainda por cima, como ele a inventou toda, pior foi.

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

Gostava tanto de a por no braço ou na perna. Mas optei no pe, onde quase ninguem ve e para no trabalho, os clientes nao olharem para mim como um ovni que tem uma tatuagem.

 

Se voltava a fazer? Sim, sem duvida. Alias, quero fazer outra. Nas costas. E nao perdi a esperança. Mas primeiro, tem de passar esta porcaria do virus.

 

Mas la chegaremos.

 

Ei, nao liguem la as unhas por arranjar, que esta foto tem muitos anos, sim????

 

11.07.20

Será que fui trocada na maternidade?

Ninita

 

Cada vez me convenço mais disto. 

 

Ca na famelga, todos foram abonados com cabelos brancos. A minha mãe tinha-o tod branco desde muito nova. A minha irmã (com mais 5 anos), desde muito nova que tem muitos cabelos brancos. O meu pai tem desde novo, barba e cabelo com muitos brancos.

O resto da família, toda tem muitos. 

 

E eu? Nadinha. Nem 1. Nicles, batatoides. Nada. Nem 1 cabelito branco para amostra. Nunca tive de o pintar, para esconder aqueles peitos que toda a gente tem, brancos, a dar o ar da sua graça.

 

Mas, curiosamente, tenho pelos brancos. Em várias zonas do corpo (até em algumas bem estranhas). Até na cara, tenho vários pelos brancos.

 

E vocês dizem (e com razão) : e daí? Para que os queres?

 

Oh pá, querer querer, não quero. Mas porra, se é para me dizerem que fui trocada na maternidade, que digam de uma vez. É que sou a única, com 37 anos, nesta família, que nem um para amostra (sim, pq o primeiro que vir, vai ser arrancado com jeitinho e emoldurado).

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D