Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

18.09.19

A violência doméstica existe sim e cada vez mais

Ninita

 

Hoje escrevo, completamente irritada com as atitudes das pessoas.

 

Mas porque é que existe a merda da violência doméstica? Mas afinal, porque é que quem se acha dono e mandador soberano de tudo, acha que tratar mal, chamar de nomes, empurrar, bater, etc, é normal?

 

Fonix, só podem estar a gozar comigo!!!!!!!!

 

Parem com esta porcaria, já!

 

Pensem que não são os maiores e que as pessoas que não se conseguem defender, são humanos, são pessoas. Tem sentimentos porra!

 

E pior, quem nem sequer se pode defender por várias questões, sejam elas fisicas ou mentais, não faz delas um saco de pancada, que pudemos desatar aos murros só porque nos apetece, só porque o dia não correu bem. Ou mesmo porque as doenças e a velhice nos ataca.

 

Sabem que mais? Não cuspam para o ar, porque vos pode cair de cima.

 

 

18.09.19

Peripécias e atribulações - Parte 2

Ninita

 

No dia 31 de Agosto, sabado, decidimos assim de repente, sairmos nesse mesmo dia para começar as ferias.

 

Iamos para o Algarve, mas so entravamos no domingo. Queriamos ir a outro lado, parar em qualquer lado no Alentejo, comer uma boa refeiçao alentejana, dormir uma boa noite de sono e no dia seguinte, para se cortar a viagem a meio, iamos para o Algarve a seguir ao pequeno almoço.

 

Se termos noção absolutamente nenhuma, por volta das 15h (cedinho portanto  ), arrancamos sem ideia nenhuma de onde parar.

 

Fomos pelo interior, fazendo a descida por Castelo Branco, passando por sitios que nunca tinhamos passado. Pelo caminho, decidimos ir a Elvas. Nunca tinhamos ido. Ora, tipo maluquinhos, vamos lá. Ja vamos chegar tarde. Nao vai dar para ver nada. Oh que se lixe, vamos na mesma.


E fomos.

Pouco vimos de Elvas, porque com uma brasa daquelas bem grande, ja estavamos cansados e queriamos era jantar, tomar um bom banho e descansar (e a miuda ja estava farta de tudo).

 

Pelo caminho, marquei um Hotel girissimo chamado Vila Gale Collection Elvas. Tinha um vale de aniversario a terminar, de 25€ e toca a aproveitar.

 

Resultado de imagem para vila gale elvas

(imagem tirada daqui)

Ora, só tenho a dizer uma palavra : fantastico. Maravilhoso. Lindo. Ups, afinal tenho mais do que uma palavra.

O Hotel é um antigo convento ou mosteiro, reconstruido e simplesmente girissimo. Com algumas reliquias espalhadas pelos corredores, com uma elegancia fantastica. E os quartos?? Senhores, os quartos são enormes. Um quarto com cama de casal enorme + 1 cama extra para a miuda e mais uma mesa, com cadeiras, com um armario, com 1 guarda-fatos, etc, etc. Tão, mas tão grande. E tão confortavel.

Imagem tirada daqui

Tem um jardim no meio do Hotel simplesmente amoroso.

Resultado de imagem para vila gale elvas
(imagem tirada daqui)

A serio. Vão ver no site https://www.vilagale.com/pt/hoteis/alentejo/vila-gale-collection-elvas

È mesmo tão, mas tão giro.

 

Acabamos por jantar no buffet do Hotel, em que custava 25€ por pessoa e a pipoca tinha ainda 50% de desconto, e com a oferta de uma garrafa de vinho.

Ficamos muito bem. Comida muito bem confeccionada, com mesa de queijos, grelhados na hora, saladas, sopa, massa.

Gostei mesmo muito.

 

E pronto, de barriguinha cheia, tomamos uma banhoca e dormir. Porque no dia seguinte, a aventuda ia continuar até terras dos ingleses... ups, algarvias... lol

 

È caso para dizer que a unica peripecia, foi o nosso carro achar que a chegada de Elvas (estavamos a 30km), havia de perder a potencia e não passava dos 80km. Tudo bem, é uma peripecia para contar, pq depois de pararmos, a bichinha descansou e no dia seguinte, estava impec (acho que o calor dos alentejos deve ter-lhe subido a cabecinha, coitada).

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Quem me visitou

contador grátis

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D