Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

30.07.19

Se eu quero ser doutora, vou ser e mais nada

Ninita

 

Todos os dias atendo pessoas, em que quando me dão o cartão multibanco para pagar, está lá escarrapachado para toda a gente ver, DR ou DRª.

 

Quando peguei no telemóvel da firma, comecei-me a rir, porque um colega tinha gravado um numero como Dr.ª ABC e Eng.ª DEF.

 

E eu, que sou complemente contra isto, perguntei porque gravaram assim. Porque se me ligarem e disserem sou A ou B, eu não sei nem tenho de saber se é Dr.ª ou não. Para mim, é uma pessoa normal, igual a um pedreiro, a um trolha, a uma costureira. Não é por ser Dr.ª ou Dr. que a vou tratar de outra maneira.

 

Não sou doutorada, nem nada disso. terminei o 12.º ano, comecei a trabalhar logo e fiz os exames nacionais para terminar o ano, já a trabalhar. 

Vinha para o trabalho, saía para fazer os exames e voltava ao trabalho. E assim terminei os estudos.

Perante tanto doutor, engenheiro, e afins, tomei uma decisão só que não. Se já trabalho aqui no estaminé á 18 anos, posso pedir a equivalência ao doutoramento, não? Ou pelo menos a licenciatura?

 

Então se pessoas que acabaram o curso de turismo (que eu não tenho) e não conseguem dar conta do recado e parecem umas Marias Amelias e têm no cartão Dr.ª, porque é que eu não posso ser chamada de Dr.ª, se ja tenho 18 anos de experiência?

 

Tipo, doutoramento á Relvas.... ou Socrates.. Ou qualquer outro que seja Doutor sem o ser. Whatever.. Um qualquer...

Só sei que se este doutoramento não existe, deveria existir....

 

Just Saying....

29.07.19

Azares da vida

Ninita

 

Estes últimos tempos têm sido difíceis em vários sentidos.

 

Desde o acidente, que tudo me corre mal.
Apesar da outra seguradora ter assumido tudo, na hora, a minha andar armada em macaca e 2 meses depois ainda não tenho nada resolvido.

 

Depois, o veiculo começou a avariar. Primeiro o travão de mão que foi a vida (em que me levaram o couro e o cabelo para arranjar). Lá se vai o dinheiro para as ferias... anda, embrulha e põe de molho.

Depois furei mais um pneu (já vão 3 no espaço de 2 anos) e toca de meter mais 2 pneus novos.

Agora são as pastilhas.... arre, já chega não???

 

Depois tudo corre mal.Tudo!


O trabalho a aumentar a cada dia que passa, mais responsabilidades de cima de mim e agradecimentos? 0.


E em casa? A miúda anda insuportável. Deve estar a entrar na crise da pré-adolescência, que ninguém a atura. Refilona com toda a gente e eu que tanta paciência tinha para controlar as crises, já a perdi. La anda o pai, a ligar-lhe e a conversar com ela, para ver se conseguimos verga-la. Não vai ser fácil, que o raio da cachopa tem um feitio da treta, mas não desisto.

 

Até o gato anda insuportável. Ate de noite, me vai morder os pés (além de morder a miúda toda de cada vez que ela lhe pega).

 

Sinceramente não há paciência.

 

Sabem aquele ditado antigo : Dizem que não há bruxas, mas que as há, há?

Acho que já acredito nisso. É que parece que me rogaram uma praga daquelas bem grandes.

 

Mas sabem o que vos digo? Podem fazer o que quiserem, rogar-me pragas e afins, que eu não quero saber.


Posso cair muitas vezes, mas vou-me levantar sempre, contra tudo e contra todos. Porque uma coisa é certa : não me vão vergar.

 

 

 

 

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Quem me visitou

contador grátis

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D