Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

29.07.19

Cronicas de mãe galinha

Ninita

 

Estamos na chamada época de Verão e com a chegada, lá começam as festinhas de Verão e arraiais.

Na minha santa parvónia, também houve 1 Feira de 1 semana, com vários concertos e actividades (quase que não fui ver nenhum, porque acho que dar 6€ para ver um "artista" a cantar 50 minutos é um valor demasiado alto para a Santa Parvónia, mas isso é outro assunto).

 

O primeiro dia foi de borla com a April qualquer coisa (desculpem lá mas não é do meu gosto musical) e lá fui dar uma volta com a pirralha mor lá de casa. Vimos 3 musicas e como estava um frio de rachar, viemos para casa.

 

O ultimo dia, o encerramento também foi de borla, com "Os Azeitonas". Já tinha visto e sinceramente acho-lhes um piadão e gosto das musicas. E la fomos ver.

 

Mas, esta semana, tive de gerir uma serie de questões, que sinceramente não sabia como fazer.
Ora vamos por partes :

Eu vivo oficialmente numa Santa Parvónia, com poucos habitantes. Claro que em dias de festa, é gente em bando. Até se atropelam. E agora com os emigrantes ainda pior.
Mas, a pirralha mor, pediu-me se podia ir com as amigas ver os Azeitonas. Ora, miúdos de 11, 12 e uma de 13 anos. Eu fiquei sem pinga de sangue, juro.

Primeiro,  miúdas de 11 anos? A ir ver um concerto na linha da frente? Sozinhas?? 

Primeira resposta interna : não, jamais, em tempo algum.
Segunda resposta interna : mas depois a miuda vai ficar triste, porque as outras vão e ela nao.
Terceira resposta interna : para a deixar ir, eu tinha de estar a ver se estava tudo bem.
Quarta resposta interna : o pai disse para lhe dar o beneficio da dúvida e experimentar. Já tem 11 anos (e eu com isso) e tenho de lhe dar asas
Quinta resposta interna : como se portou mal, não vai e mais nada.

Decisão final : Como afinal arrependeu-se de se ter portado mal e ate tentou melhorar, vai, mas com a mãe e nada de amiguinhas la a frente. Se quer ir para a frente, vai com a mãe e mais nada.

 

Sinceramente, eu só comecei a sair com 17 anos e estas pitas de 11 anos já querem ir a concertos sozinhas? (tudo bem que isto é mesmo uma parvalheira, mas mesmo assim)

Ou será que sou eu, que sou o caneco de uma mãe galinha, galinhola??

È que verdade seja dita, vi quase todos os miúdos da idade dela a andarem pela Feira sozinhos e a irem aqui e alem sozinhos. Não sei porque, mas a mim, isso faz-me confusão.

Digam lá, sou parva? Galinha? Tenho de cortar o raio do cordão umbilical? Devagarinho?

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Quem me visitou

contador grátis

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D