Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

26.08.20

Levantar cedo e cedo erguer, da uma soneira, que nem queiram saber

Ninita

 

E por aqui, o sono é muito.......

 

As noites têm sido complicadas. Insonias atrás de insonias. Querer dormir e passar a vida a olhar para o relogio.

 

E quando acordo, é que estava finalmente a dormir bem. Mesmo bem.

 

O cansaço é tanto, que ontem á tarde, a seguir ao almoço, aterrei no sofa. A ver as noticias. Eu.... Que me vejo grega para adormecer a noite, mal encostei a cabeça, pumba...... 2h a dormir... Mas fez-me tao, mas tão bem.

 

Mas claro, ontem, eram 2h da manha e a olhar para o relogio. E as 07h ja estava levantada. Oh Yeah... Anda lá Ninita Maria, que dormir é um desperdicio de tempo.

 

Nota mental : Sabado, vou fechar tudo em casa e dormir ate cair de cu (ou entao as 06h da manha ja vou estar de pé, sem sono).

25.08.20

A estupidez humana no seu melhor

Ninita

 

Sinceramente, as pessoas enervam-me. A cada dia que passa, cada vez mais.

 

Acho-as completamente irresponsaveis, despreocupadas e a roçar a propria estupidez.

 

À uns tempos atras, fui a uma praia fluvial, aqui na minha zona, passar o dia. Levamos piquenique, mantas, toalhas e la fomos. Eramos cerca de 9 pessoas (com os miudos) e arranjamos um sitio so para nós, onde nao incomodavamos ninguem e ninguem nos incomodava. E la estivemos. Ate aquilo literalmente encher. Mas encher a serio. A ponto, de querermos ir a água, e estar toda a gente no caminho. Nem a pedir para passar, as pessoas se desviavam. Com tanto sitio para se porem, não, tinham de se ir por no caminho. Ate metiam conversa com quem ia a passar a perguntar : então, é de onde? Lisboa? Ai e tal, eu sou do Barreiro e ficavam, literalmente, cara a cara, na conversa. O virus que se f****. Até que, apareceram os senhores policias (abençoados). É que foi ver toda a gente a dar ao serrote. Foi lindo..... E nós, no nosso cantinho, sempre a chamar a atençao aos miudos, para nao se aproximarem das outras pessoas. Por eles e pelos outros.

 

Mas, a historia nao fica por aqui.

Fui a praia este domingo. Peguei na miuda, nos sogros e la fomos nós.

Chegamos, alugamos uma barraca onde não incomodassemos ninguem e la ficamos. Quando fomos almoçar (porque deste vez foi tudo combinado a maluca e nao lavamos piquenique), fomos ver os restaurantes e basicamente tivemos de esperar. Ok, tudo bem. Temos tempo, não prometemos para ninguem. Sem stress.

Apesar dos avisos afixados em todo o lado, para não entrarem sem mascara, tantos, mas tantos, entravam, iam ver quanto tempo demorava, falavam para as pessoas que estavam a espera e ainda se enfiavam de cima das pessoas. Oh pa, um filme. Eu ja suava por todos os cantos, pronta para dizer assim umas valentes. Consegui ver pais a berrarem com os filhos pequenos para porem as mascaras e eles, na boa, como se nada fosse.


Será que custa muito perceberem, oh minha gande cambada de atrasados, que se vos dizem para meterem a mascara nas fuças, é para a meterem e mais nada??? Quero la saber que sejam de A, B, C? Sei lá onde voces andaram? E voces sabem la onde eu andei??? Será que não ha meio das pessoas terem noção que a culpa do virus ainda ca andar é das pessoas??? Das burras, que entram numa loja, apesar de terem os avisos bem visiveis a dizer "Proibido entrar sem mascara" e ainda perguntam "Ah, é mesmo preciso? Mas eu nao estou infetada."

 

Cambada de gente burra. Burra mesmo. Desculpem, mas nao tenho outra palavra para chamar a esta gente. BURRA com todas as letras.

 

Tenham juizo. Abram a merda dos olhos de uma vez por todas. Porque não se esqueçam, nao acontece só aos outros.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub