Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

23.11.20

A minha vida e a do meu amante

Ninita

 

Acho que é a altura certa, para contar a verdade toda. Sim, toda, todinha.

 

Ha 8 anos que estou sozinha. O gajo la na França e eu cá. Temos uma relaçao normal, como qualquer casal, só que o tempo que passo sozinha é simplesmente demais.

 

Em todo esse tempo, encontrei algo que me enche realmente as medidas. Dá-me aconchego quando preciso, dá-me carinho, atenção.

Agora que estou em casa para render os colegas, temos passado muito mais tempo juntos.

Deitamo-nos juntos. Dormimos enroscados um no outro. Acordamos juntos. Vamos tomar o pequeno almoço juntos, almoçamos juntos, jantamos juntos. Estamos completamente inseparáveis.

 

Sei que muitas pedras me vão atirar, mas não era possivel de outra forma. E no Inverno, ainda é pior. Não nos largamos.

Tem sido uma relação muito carinhosa e a cada dia que passa, estamos mais unidos do que nunca. Não sei quando vai ser a reação do gajo quando cá chegar. Ainda pensei numa coisa mais á frente, tipo menage a trois, ou qualquer coisa. Só que o gajo não gosta de mais companhia. E podiamos fazer coisas tão boas... Mas não sei.

 

Algo me diz, que quando ele cá chegar, o amante vai voltar para onde estava, porque o gajo detesta-o mesmo. Não o suposta em situação nenhuma. Muito menos na cama.

 

Por isso : Meu querido pijama, quando o marido vier, voltas para o armario, sim??? Depois voltas em Janeiro.

 

20.11.20

Dedicado a todos os "covideiros"

Ninita

 

Em primeiro lugar (antes que comecem a atirar pedras e calhaus lá do fundo), deixem-me só esclarecer que a palavra "covideiros" não tem (neste post), qualquer sentido depreciativo. Muito pelo contrario.

 

Então vamos lá começar. Sabemos que neste momento, perante o aumento de casos e mesmo com todas os cuidados e mais alguns, nenhum de nós está livre de ficar infetado. Sabemos, que todos podemos ter uma reação diferente e sintomas diferentes. Alguns vão sentir-se pior, outros melhores e outros não vão sentir rigorosamente nada.

 

No entanto, só a frase "estou infectado" é motivo para terem o dedo apontado, para serem criticados, gozados.

 

Este post é exatamente para o contrario.

Este post é para todos aqueles, que ja passaram pelo bicho. Para todos aqueles estão a passar.

A todos os que estão a passar as passas do Algarve e a sofrer. A todos os que se protegeram e mesmo assim, foram infectados.

A todos voces, só 1 coisa :

 

A coragem (já) está dentro de você

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub