Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

04.03.21

Crises de ansiedade em plena pandemia

Ninita

Todos nós, mesmo todos, sem excepção, andamos completamente fartos desta pandemia que nao acaba.

 

Todos os dias, a mesma coisa nas noticias. Todos os dias, fechados em casa, sem podermos trabalhar, sem podermos ir a nossa vidinha.

 

Eu, não sou a excepção. Ando farta. Cansada. Vai fazer 1 ano que estou em layoff e sem previsões de voltar. Estou farta. Fartinha.

 

Mas as crises de ansiedade não andam. Voltaram. Em força. Pior do que antes.

Se ha uns meses, ate andavam controladas, neste momento, é o descontrolo total.

Tudo incomoda. Seja a miuda a descer as escadas. Seja um barulho na rua. Seja o que for. Só a simples tarefe de fazer o jantar, já dá azo a batimentos cardiacos fortes, suores, dores musculares. Tudo. Pareço uma velha.

Ora me doi um ombro, ora uma perna, ora a garganta aperta. E lá vou eu, virar-me para a parede e dizer a mim propria : calma Ninita Maria, esta quase a passar. Mesmo sabendo que não.

 

Nao sei quando volto a ver o meu marido. Deixei de falar com toda a gente, porque nem paciencia tenho para mim, quanto mais para os outros. Sinto que só preciso de espaço.

 

Sei que o facto de so sair 1x por semana de casa, esta a interferir com tudo. E que a falta de certas pessoas se esta a notar cada vez mais. E á medida que o tempo avança, parece que tudo fica pior.

 

Sei que não é facil para ninguem. Sei que todos estamos cansados. Sei que ha muitas pessoas, tal como eu, que já desesperam. Mas, acreditem, vamos conseguir. Vamos sair vencedores desta porcaria. Vamos vencer. Tenho de acreditar nisto. Não acreditar não é opção.

É seguir em frente e pensar que vamos chegar ao fim.

 

A todos os que passam pelo mesmo, coragem. Sei do quanto custa e da dificuldade de seguir em frente. Mas tem de ser. Por nós e pelos que dependem de nós.

 

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub