Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

25.07.21

As dificuldades de um casal

Ninita

 

Todos os casais passam por dificuldades, seja numa ou noutra altura.

Por mais "perfeita" que seja a relação, um dia, todos se fartam desta ou daquela atitude. As vezes, por porcarias que não valem nada, mas que quando são todas somadas, dão discussões daquelas que rebentam ouvidos.

 

Mas, infelizmente, ninguem fala disso.
Quantos post ja leram sobre os problemas de uma relação? Normalmente é sempre tudo e maravilhoso e está sempre tudo bem, mesmo quando não está. E quantas e quantas vezes, se engole tudo e não se desabafa, para que as vezes, tambem consigamos perceber que a tempestade que se faz, as vezes é so uma chuvita passageira.

 

Acredito que muitos casais tenham efetivamente muitos problemas e que só o facto de não falarem sobre eles, faz com as coisas piorem.

 

Desde o inicio do ano, as coisas andaram pessimas lá em casa. Terriveis mesmo. O gajo estava a deixar de fumar e basicamente, ao telefone, durante 6 longos meses, descarregava em mim. Ouvi tantas, mas tantas que um dia explodi. Disse tudo. Ao ponto de lhe dizer que se continuasse assim, lhe garantia, que quando cá chegasse, que pegasse nas coisinhas e fosse para casa da mãe. Foi a primeira e unica vez que lhe disse isso. Acho que ele nunca me tinha visto tão chateada, tão enervada, tão fora de mim.

 

Os dias foram passando e devagarinho, mudou a forma de falar. E claro, voltou a fumar. Ups. Sei que o stress do dia a dia dele é horrivel, as responsabilidades enormes e os nervos ainda maiores. E em quem podia descarregar era em mim. E arrependeu-se. E voltou o gajo que eu conhecia.

 

Sei que não sou perfeita, sei que as vezes, entre um casal, é normal haver discordias, discussões, chatices. Tudo isso faz parte de uma relação. Tudo isso, faz parte de ser um casal.

 

Ele sabe que não vou poder sair do trabalho este ano e não posso tirar ferias (ficamos só 2, por problemas dos outros e enquanto não voltarem os que faltam, nós os 2 que ca estamos, vamos ter de nos aguentar a bronca). E ele queria estar ca no dia dos anos dele, porque faz os 40 anos e queria passa-los cá. Mas, para isso, não passava cá os meus anos. Então decidiu que mesmo eu sem ferias, que queria passar o dia dos meus anos comigo e vem ca nessa altura. Ele fica 2 semanas de ferias e eu a trabalhar. Mas vai ter de ser. Ha sacrificios que temos de fazer, mas a minha sorte há-de mudar e um dia, passamos todos os dias juntos. Para namorarmos, zangarmo-nos, discutirmos, fazer as pazes e viver a vida a dois (pronto, a tres que a pirralha tambem conta )

 

Ate lá, assim vamos continuar, a acreditar na sorte que tivemos ao conhecermo-nos e a continuarmos juntos ao longo destes anos.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub