Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

05.07.19

Ha verdadeiras obras de arte

Ninita

 

E muitas delas, passam-nos completamente ao lado.


Como já sabem, a pirralha lá de casa fez 11 anos. E teve a sua festinha, num parque merendeiro, ao ar livre, com baloiços e brincadeiras que nós inventamos.

 

Desde balões presos numa árvore, de varias cores, que tinham de rebentar para receber ou não, um presente, desde andarem nos baloiços ate se fartarem.

 

Basicamente andarem ao ar livre.

 

E claro que chegou a hora H, do bolo. Sim, festa que é festa, tem bolo :) (mas que chatice)

 

Tenho de dizer, que mais uma vez, o bolo estava simplesmente fantástico e agradeço a "pasteleira" fantástica, que tem umas mãos de fada e faz tudo o que imaginamos não ser possível.

 

Só para ficarem com uma ideia, aqui vai a foto do bolo da princesa :

 

 

Atenção eu só lhe disse como o queria, que era com o tema de musica e que ela tocava Oboé. Mais nada. E ela presenteou-me com esta beleza, simplesmente magnifica.


E por dentro? Chocolate e pão de ló, com chocolate negro. Uma delicia.

 

Por isso, a quem faz estas obras de arte, os meus parabéns pelo jeito, pelo carinho, pela atenção que colocam em cada bolo, para fazer todas as pessoas felizes. Sem duvida, que esta senhora tem umas mãos de fada...

 

 

03.07.19

As greves medicas e o que passam os doentes

Ninita

 

Hoje, ao abrir o Sapo, estava a ler uma noticia referente a uma senhora, que ja teve 1 consulta adiada 5 vezes.  Não sei se foi sempre devido a greve ou por outro motivo qualquer. Que teve de se deslocar 20km para ir a consulta e ontem teve 1 cancelada e hoje outra.

Mas, depois lembrei-me de uma coisa que se passou há uns anos atrás.

Depois de muito batalhar, a minha pirralha foi chamada para a operação as amigalas e adenoides. Quase em cima da hora ligam (já com o aviso da greve), para ir ao hospital no dia seguinte fazer as analises de rotina antes da operação e 3 dias depois iria ser operada.

 

Eu ouvi a questão da greve, mas admito que desvalorizei por completo. A "rasquinha", avisei escola, atl, trabalho, etc, etc, para poder ficar com ela depois da operação.

 

La fazemos nos 80km (sim, o hospital fica a 80km), fazemos as analises e tal e pronto. Voltamos para casa, com a ordem de voltar, 3 dias depois, as 07h00.

 

Chega o dia, levanta-mo-nos as 05h30, preparamos-nos e la vamos nós, numa plena noite de inverno, fazer os 80km de uma estrada fantástica (só que não), para estamos as 07h no hospital.

 

Chegamos, o segurança mandou-nos entrar por corredores estranhos, porque ainda não estavam as portas principais abertas e toca de esperar.

Esperamos, esperamos, esperamos.

Até que 3h depois vem dizer que as operações não se iriam fazer. A medica, novita, ate tremia. E as crianças a olharem e sem perceberem o que se estava a passar.

 

E pronto, nem 1 pessoa havia para passar uma justificação de faltas. la teve de ir a medica a procura de um papel, para escrever.

 

Sei que as greves são feitas para os trabalhadores lutarem por aquilo a que têm direito. Sei perfeitamente que se lutam é porque alguma coisa está errada. Mas quem paga, é o povo. Quem se prejudica é o povo. Em vez de serem os altos governantes que estão lá no topo a olhar para o povo e a rirem-se da desgraça enquanto eles comem bifes, a sofrerem na pele os efeitos da greve.

 

Pergunto-me, se o primeiro ministro tivesse 1 problema grave de repente, e o hospital estivesse em greve, quantos corvos não apareciam só porque era XPTO? Pergunto-me, se no caso de acontecer alguma coisa ao dito senhor, pelo simples facto de não haver médicos, se o estado iria processar o hospital, por negligencia. Será que sim????

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Quem me visitou

contador grátis

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D