Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

11.05.18

Amizades? Ou Desamizades?

Ninita

Olá !

 

A medida que vamos crescendo na nossa vida, vamos passando por varias fases, conhecendo várias pessoas, algumas ficam amizades grandes e outras nem por isso. Umas vão ficando e outras saem tão depresa como entraram.

È a lei da vida.

Mas há aquelas pessoas que chegam, vão entrando, devagarinho, sem ninguem dar conta, e vão-se "infiltrando". Vão ficando, ficando, ate que um dia, quando nos apercebemos parece que estão de pedra e cal na nossa vida. O pior é quando nos apercebemos da "fibra" das tais pessoas.

Sou um bocadito apologista de que cada um deve escrever o seu caminho e acredito que a conversa antiga do "conta-me tudo", como se o que quisessem é mesmo saber tudo para essas "informações" serem passadas de boca em boca.

Ora, eu tive 1 dessas pessoas na minha vida. Tornou-se uma grande amiga, até ao dia, em que finalmente abri os olhos. Inicialmente ainda dei a hipotese, tentei falar, mas curiosamente quando dizia a essa pessoa ou q nao tinha tempo para ir beber um cafe (sim, pq foi a altura em que fiquei sozinha com 1 filha), essa pessoa foi-se afastando, chamando-me de me querer armar em vitima, que queria atençao, etc, etc. Tudo porque precisava de dar atençao a L*.

Ate que cortamos essa "amizade" de anos.
Um dia, passado 5 anos, pediu-me se me podia encontrar com ela, que gostava de falar comigo. Pensei : vem ai bomba. Mas decidi ir, ouvir o que tinha para dizer. Ai e tal, estava errada, tu precisaste de mim e eu não te ajudei na pior altura da tua vida, bla bla bla... Peço desculpa.. (ate parecia sincera). Aceitei as desculpas, mas não disse que sim a "nova amizade", nem que não. Passado 5 min, já estava a despejar e a tentar saber da vida dos outros.

Resumindo : amen minha "amiga", mas não estou para estes filmes. Ando demasiado peace and love, para querer saber se A se chateou com B, se C dormiu com D, etc, etc. Quero paz na minha vida, amizades sinceras, risos e felicidade. O que os outros fazem, não me interessa.

 

Quem nunca teve pessoas assim??

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Quem me visitou

contador grátis

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D