Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

11.11.20

Quando a solidariedade fala mais alto

Ninita

 

Vivo numa santa parvalheira, em que as medidas pela pouca população, são muito poucas ou nenhumas. Em vez de arranjarem soluções e gastarem dinheiros publicos em coisas uteis, preferem festas e festarolas e coisas que não interessam ao menino jesus.

 

E aqui se demonstra a nossa alma serrana.

 

Somos um povo lutador. Vivemos com pouco, muitos ainda trabalham nas quintas, nas cultivaçoes. Não temos centros comerciais, grandes hiper-mercados, lojas XPTO, nem nada disso. Temos uns supermercados pequenos, lojas de comercio local. Nao temos hospital, nem urgencias. Nao temos estradas e so 1 viagem a Coimbra, é uma aventura, porque a IP3 esta um mimo (estão a arranjar, mas ficou uma bela porcaria, ainda mais perigosa do que ja era). Vivemos de ordenados minimos, sem grandes hipoteses de emprego e no "cu de judas".

 

Mas, temos uma coisa, mais importante do que tudo.

 

Este fim de semana, houve um incendio numa casa. E o casal, com filhos, perdeu tudo. A casa ardeu toda e as crianças ficaram tambem sem nada. Sem roupa, sem livros, sem brinquedos, sem nada.

 

E o que fez o povo? Simples, uniu-se.

No dia seguinte, ja tinham 1 casa para viver provisoriamente, electrodomesticos. No dia seguinte, ja so faltavam umas coisas para as crianças (roupa, brinquedos, utensilios de higiene).

E sabem que mais? Podemos ser pobres, ter pouco, mas, no final de contas, aquela familia, que perdeu tudo, depressa foi ajudada por todos. Todos se disponibilizaram a ajudar. E isso, é o que realmente interessa.

O ajudar as pessoas, quando realmente precisam.

 

Por isso, é que adoro a minha gente, a minha gente serrana. Que fala alto, que tem as unhas sujas de terra, que trata toda a gente como filha e que dá a mão a quem precisa.

 

 

 

26 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub