Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

03.02.20

Quem quer viver na santa parvalheira???

Ninita

 

Querem viver num sitio calmo, sem transito? Onde em 5 minutos se chega ao trabalho?

Onde não ha barulho de carros a passar de noite e a unica coisa que se ouve são os grilos?


Onde ao fim de semana, o deserto se instala e não se ve ninguem na rua?

Então, é muito simples. O nosso estado paga !

 

https://executivedigest.sapo.pt/governo-da-ate-4800-euros-a-quem-va-viver-para-o-interior/

 

Estão abertas as inscrições para o novo reality show : Quem quer viver na santa parvalheira.

Com incentivo do estado e tudo.

O que é que querem mais?? É fantastico. O verdadeiro paraiso.

Não acreditam?? Então aqui vai a visão de alguém que já cá vive, em primeirissima mão (melhor do que isto é impossivel) :

- Medicos há com fartura, em consultorios particulares. Porque o centro de saude, já só faz consultas de intersubstituição (acho que é assim que se chama), em determinadas horas do dia. Mas nao faz mal. Se for grave, vão para outro hospital que esta a 20km daqui (mas que demoramos 35m a lá chegar, atraves de uma estrada cheia de buracos, curvas e contra curvas). E quando la chegarem, o mais provavel é aquilo tambem estar tudo avariado e terem de ir para Coimbra, para o Hospital central, durante mais 50min, com mais curvas e contra curvas, desvios impensaveis e para condiçoes degradantes. Se no final do toda esta viagem, tiverem o azar de falecer, não se preocupem, pois temos 2 agências funerarias, que terão todo o gosto em fazer a vossa ultima viagem.

- Escolas ha muitas, daquelas antigas, onde faziamos a escola primaria. O contra é que estão fechadas e está tudo metido num super, hiper, mega agrupamento, que deixa os miudos com frio sem aquecimento quando estão 0 graus e que tem 3 megas ar condicionados na sala da direção. onde a comida da cantina é tão boa, que as vezes nem sabemos bem se é peixe, carne, ovos ou se é apenas uma coisa da nossa imaginação.

- Centro comerciais temos 2. Fechados, mas temos 2. A cair, mas temos 2. Degradados, mas temos 2.

- Politecnico tem 1, com bons cursos para os vossos filhos. Só não há em sitio para eles dormir, já que as casas todas que existem desaparecem num dia.

- Estradas boas temos uma optima. A IP3. Ja ouviram falar? É top, top, top. Quando não fecha por derrocadas, ou obras. Agora, está perfeita. Com faixas cortadas, os desvios cheios de buracos capazes de arrancar um bom bocado dos pneus. Faze-la é como fazer uma boa massagem. Chegam ao final do destino, com a sensação que vos tiraram 5 kgs de cima, mas em compensaçao com uma dor de costas que deus nos livre.

- Supermercados? Muitos. 1 continente, 1 pingo doce, 1 intermarche, 1 lidl e as mercearias aqui da esquina (as melhores que há). Mas claro que aqueles produtos todos xpto sem gluten, lactose, cheios de semente de chia, produtos biologicos e tal não ha. Compreendemos todos que se estragam a fazerem os km da maravilhosa IP3.

- Lojas para ver e fazer compras? Muitas. Metade delas fechadas, claro. Mas tambem, com os preços que praticam na Primark a 5€, quem consegue comprar calças a 50€? Ninguem, claro.

- Cafes? Oh pá, isso é o que há mais. Em todas as ruas há cafes. Paletes de cafés. Aqui na minha rua, em 200m, há 6. Podem bem tomar cafe á vontade, que escolha há muita.

- E ordenados?? Oh meus amigos, são altos. Altissimos. Estão a ver voces sentados, a ler este post e a receberem bem? Por aqui, é fabricas de confeções e mais fabricas de confeções, tudo corrido a ordenados minimos. Chega perfeitamente para pagar creches, escolas, supermercados, casas, etc, etc. Se conseguirem poupar 1€ por mes, já é uma sorte.

- Transportes então temos uma rede que vai desde electricos (de bolso), comboios (de brincar) e autocarros (de combate) que é uma maravilha. Se eu ficar sem carro, ando a pé, que faz tão, mas tão bem e para ir para a minha aldeola, todos os dias a fazer 8km com 1 criança, em pleno inverno, a chover torrencialmente, a cair geada que até engelha a pela, deveria fazer muito bem.

Por isso, como vêm, há muita coisa boa. Venham, venham, que vão ver.

 

E no entanto, esquecem-se que têm é de resolver os problemas da zona. Escolas melhores, acessos melhores, saude em condições, trabalhos, creches publicas, transportes.

 

Sabem que mais? Quero eu lá saber se querem construir uma nova auto-estrada entre Lisboa e Porto, ou melhores acessos em Lisboa. Quero lá saber se as pessoas lá na grande cidade se revoltam porque não conseguem ir a sitio A ou B, porque andam lá obras. Que se lixem, que aqui não ha nada. Nem a merdice de uma estrada sem buracos.

 

mas em compensação, há apoios para quem quer viver no interior. Olha que giro. Dá-se dinheiro para quem se quiser aproveitar da situação e mandam-se lixar quem cá vive.

 

Ora, os meus parabens pela vossa escolha senhores, muitos parabens. O zé povinho das santas parvalheiras, agradecem a atenção.

 

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D