Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

29.10.19

Saga das Estagiárias

Ninita

 

Aqui no estaminé, a alguns anos atrás, de vez enquando, a escola profissional, achava por bem, pedir encarecidamente como se fosse uma obrigação se podíamos receber estagiários.

 

Andamos um tempo a tentar fugir, porque nesta profissão ao contrario do que pensam, demora muito tempo até estarmos completamente capazes de fazer 1 atendimento completo sem ajuda.

Não que seja um bicho de sete cabeças, mas qualquer cliente faz vários tipos de perguntas, que temos de saber obrigatoriamente responder. É a mesma coisa do irem a um talho e pedirem carne de porco. O talhante tem de saber as partes todas do porco, qual a mais tenra, qual a mais dura, qual é melhor para bifes, qual a melhor para estufar, etc, etc. Tal como eu, que tenho de saber se o Hotel X dá para a praia, para a rua, para a lixeira, se os quartos têm banheira, poliban, mesa de cabeceira, 2 tvs, tv cabo, wi fi, ratos, baratas, aranhas, etc. Se for preciso ate perguntam se os percevejos são amarelos ou cor de rosa as bolinhas.

Qualquer cliente faz perguntas de cortar os pulsos e cabe-nos a nós dar a informação mais concreta possível para ficarem satisfeitos e não pedirem o livro de reclamações.

La aceitamos por 1 mês e calharam-nos algumas estagiárias realmente boas cromas. Algumas, ate ao dia de hoje, de cada vez que me lembro, dão-me vontade de rir, porque foram mesmo espertas ridículas.

Tivemos uma menina, de 17 anos, grávida, que passou o mês todo mesmo todo a fazer festinhas na barriga. Entrava um senhor para ser atendido, dirigia-se a ela e ela virava a cara e olhava para nós. La perguntávamos o que o senhor queria, respondíamos tratavamos e ela, o tempo todo, de sorriso amarelo a olhar para nós. No final, quando o senhor saia, perguntavamos se tinha duvidas, se queria que lhe explicassemos alguma coisa e ela "não, percebi tudo". E nós, bem, ela vai perceber isto tudo num ápice.
Oh senhores, no final do mês, já nem bom dia dizia aos clientes. Sentava-se, e passava o dia a olhar para a rua. É caso para dizer, que saiu daqui mais esperta burra do que quando chegou.

E?? No fim, o professor ainda teve o desplante de dizer como que a brincar, que deveria ter pelo menos 16 valores. Acho que abri tanto a boca, que deve ter pensado que eu estava a sufocar.

 

Tivemos outra muito boa troll. Era filha de pais emigrantes em França, por isso na França é que era muito bom. Ok, se calhar até é, desde que não me ponham para comer carne crua e caracois gigantes, por mim, está-se bem.

Lá demos as explicações iniciais, como funcionava e afins e ela "OK". La se começa.
Passado 2 dias, já estava no facebook. Oh yeah, isto está a começar bem. Avisamos, desliga e pronto. Ficou por aqui só que não. Passado 2 dias já era facebook, youtube, tudo o que bombasse na altura. Oh minha rica amiga, ou desligas essa porcaria, ou desligas.

Passado 2 dias, sempre a mandar mensagens. Ate que entrou 1 cliente e ela a continuava a mandar msg. Correu mal, claro.
La falava do projecto final do curso, que estava a fazer e tal. E os professores que diziam que era uma ideia fantastica e tal. Quando vimos a descobrir que o projecto final dela, estava a ser feito por um arquitecto, sendo o irmão dela o dono do projecto e da obra que iria a ser feita.

Acabou o estagio fnalmente e nunca mais ouvimos falar dela. Pensavamos nós. Ate que entra uma cliente que ja conheciamos, que por acaso era a senhoria dela, que veio ver se ela ainda ca estava, pois ja lhe devia não sei quantos meses de renda....

 

As ultimas com um colega nosso. 2 meninas, a estagiarem e ele : "oh meninas, vão ali a papelaria comprar tinta para o Selo branco." E elas lá vão. Chegam a papelaria, as senhoras desmancham-se a rir e dizem que não têm. 

O meu colega volta a dizer : "olhem que vos enganaram. Vão lá que as senhoras têm de certeza". E elas lá vão. As senhoras da papelaria, que perceberam a piada é que lhes explicaram o que era um selo branco... Oh pá, mauzinho, sim??? Mauzinho colega...


E acabaram-se os estágio.. Sinceramente, mandem-me gente que saia da universidade a saber ao que vem e não miudas, de 16 anos, que só querem saber de telemoveis, facebooks, instagrams e videos dos ultimos "influencers" lá do brasil, sim???

 

 

7 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D