Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

25.07.18

Sintomas das crises de ansiedade

Ninita

Ola !

Ao logo destes pouco meses de blog, tenho escrito várias vezes sobre as crises de ansiedade. 

Diagnosticadas á cerca de um ano, coisa que eu nem sabia o que era. 

Pois bem, talvez devido ao facto de ser plena época alta la no trabalho e eu andar a 1000/h e eu ainda nao ter gozado 1 único dia de ferias, voltaram. Ou parece-me a mim que voltaram. 

Já nem sei. 

Mas afinal que sintomas são das crises? E quais não são? Ora, aí está o grande problema. Eu já não sei. 

Começaram com apertos na garganta, palpitações, suores, torcicologos constantes.

E agora? Pois, agora é formigueiro no braço esquerdo. Yuppi. Só que não. 

Como é que conseguimos identificar se temos de meter um victan no bucho ou se estamos mesmo com um problema grave?  Como diferenciamos? Eu não sei. Não percebo. Não entendo. 

Não sei o que vai ser daqui para a frente, nem sei o que vou enfrentar. Mas sei que vou lutar. Sei que não vou ficar de braços cruzados á espera q alguem se lembre de arranjar um medicamento mágico para isto passar. 

Até lá, vou apenas viver, um dia de cada vez. 

 

Ninita

10.04.18

Crises de Ansiedade

Ninita

Ola, Bom Dia !

 

O que é a ansiedade?

 

Pois, supostamente deveria ser uma coisa simples de explicar. E para um medico talvez seja. Mas para quem sofre deste "probleminha", acreditem que não é facil.

As crises de ansiedade podem ser sentidas de várias formas nas várias pessoas e ás vezes, nem se percebem porque estão a acontecer.
Vou dar um exemplo simples. Quando me foram diagnosticadas estas meninas, eu sabia que de cada vez que sentia um aperto na garganta, era sinal que vinha aí uma crise de ansiedade. Tanto poderiam ter alguma explicação, como stress ou algum receio, como poderiam vir do nada. Depois de tratamento feito e tentar controla-las, eis que voltaram, nada iguais ao que eram. Agora como pontadas no peito, má disposição, cabeça atordoada.. E eu pensei : Mas que raio vem a ser isto. Pois, começo a somar 1+1 e cheguei a triste conclusão : as malucas voltaram. Yuppi. Ou não. :(

Viver com crises de ansiedade não é uma coisa simples. Porque nunca se sabe quando vao aparecer. Quem trabalha num ambiente de puro stress das 09h as 18h, sempre a 1000 a hora, como é que vai impedir que o stress não apareça?

Ora, aqui esta uma boa pergunta quem sabe para outro post...

 

Ate la.

 

beijokinhas

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Quem me visitou

contador grátis

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D