Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

06.05.22

O Nosso SNS - desabafo

Ninita

Lá para as minhas bandas, o COVID esta a chegar em força.

 

Os meus sogros foram apanhados. Primeiro ele, no trabalho e claro, depois ela.

Lá estão os 2 em casa, com uma carraspana daquelas de meter medo.

O sogro, que sofre de bronquite asmatica, no dia que testou positivo, liguei para a linha de saude 24 e depois de 1h30 e 300 mil perguntas (atenção que a pessoa que me atendeu, apesar de eu nao estar ao pe dele, por razões obvias, fez de tudo para ajudar) e entre chamadas para aqui e para acolá, decidiu-se que tinha de ir as urgencias, que ficam a 80km. Sim, a 80km. OK. Lá vai o meu cunhado (filho dele) com o pai, chegam la, referenciados pelo SNS24 e nem o auscultaram. O que???? Basicamente disseram : ai e tal, o SNS manda tudo para aqui, devem achar que nao temos de fazer. Ele esta com oxigenio a 94%, pelo que nao precisa de nada. Alem disso, temos a ala covid cheia, pelo que nao vamos atender mais ninguem. E mandaram-no embora. Assim, sem mais nada, sem preocupaçao, sem nada.

Chegam a casa e la volto eu a ligar, porque nem declaração de isolamento tinha para o trabalho, nem teste oficial, nem nada. Quando contei a enfermeira, a senhora só me disse : Ninita, eu ate lhe dava a minha opinião, mas nao posso porque a chamada esta a ser gravada, mas nao se faz.

Eu compreendi, aceitei, mas sinceramente não entendo.

A sogra testou positivo depois e ate agora nao precisou de nada, so esta constipada, mas tentei ligar e fazer o registo do teste. 2h30 ao telefone a espera e nao consegui falar com ninguem. Basicamente querem que se ligue para lá e só lá é que tratam das coisas, mas não se consegue falar com ninguem.

Tal como disse no outro dia, podemos morrer a espera.

Sim, porque no nosso Centro de Saude, só marcam 9 consultas e as 9h da manha ja não há nenhuma. E acham normal. Se quiserem, vão as urgencias ou a outro lado. Sim, respondem isto.

 

Desconto para o Serviço Nacional de Saude. Eu e toda a gente. Se queremos ir ao privado, temos de pagar na totalidade, não temos nenhum desconto da ADSE, nem nada disso. Merecemos mais. Mais atenção, melhor serviço.

Compreendo o quanto estão estoirados, cansados, saturados os profissionais de saude. Mas, independentemente disso, os pacientes não deviam ser relegados para ultimo plano. As pessoas não merecem isso. Se estão mal e pedem ajuda, há que saber falar e há que saber perceber, que muitas pessoas de 60/70/80 anos, se estão a ir a urgencia, é porque precisam mesmo de ajuda.

 

Infelizmente, o nosso SNS está cada vez pior. E pergunto-me, porque há milhões em apoios para a Ucrania, quando não tratam de quem cá vive? Onde ha dinheiro para mandar para armas e afins e não ha para contrarem medicos para os hospitais? Porque fecharam as urgencias em todo o lado, quando ha tanta gente a precisar?? Prioridades, portanto.

 

E depois dizem que a mortalidade do COVID baixou. Pois claro, já nem testes fazem, por isso, ninguem morre de COVID. Só uma observação, na minha zona, tem havido tantos casos e tanta gente a morrer. Coitado de quem vai, porque não tem cuidados.

30.01.19

Medico do SNS no seu melhor

Ninita

Ontem, tive de ir centro de saúde aqui da santa parvónia, porque a minha pirralha torceu o pé á uma semana e apesar de já não lhe doer, ao fazer ginástica, a dor voltou e não consegue correr nem saltar (posso ser má ao dizer isto, mas finalmente para nem que seja 2 segundos).

 

Então pronto, la fomos nós e a chegada disseram-nos que estava o meu medico de família e que eu podia ser atendida por ele e eu logo : nem pensar.

Eu explico : o sr. doutor medico de família da minha santa terrinha, é um carniceiro do pior. Troca medicação a toda a gente, porque acha que ele é que sabe, que os outros médicos são uns incompetentes, recusa-se a passar medicações de especialistas (ao ponto que já mando a minha sogra para o hospital, por lhe ter tirado a medicação que ela tomava e quando ela la chegou quase a desfalecer, recusou-se a atende-la e que chamassem uma ambulância porque ele não queria saber dela para nada).

Conseguiram-me marcar consulta no outro medico de serviço e lá vou eu. Sou chamada, vou a consulta e como tive de vir cá fora, conta-me a assistente que o tal "DR" andou a minha procura porque como eu era doente dele (sem nunca me ter visto) que era ele q me atendia (e eu a ser atendida por outro medico super, hiper eficiente e simpático).

 

 

Quando sai da consulta, então a besta, desculpem, "DR" não estava a porta a minha espera, a chamar-me só com um dedo, como se estivesse a chamar um gato? Oh caneco, fiquei logo possessa.

Vira-se para mim, a dar-me ordens, que a pirralha tinha de ir fazer já a consulta dos 10 anos. Ora, mas a que porta é que ele foi bater. Disse-lhe logo : não faz. as consultas dela são feitas pela pediatra que a acompanha desde bebe. Ah e tal, mas tem de fazer a consulta comigo. Ah e tal não, não faz porque já a fez com a pediatra. Começou a ver que lhe estava a correr mal.

Mas tem de ir tomar já a vacina do tétano, porque está atrasada. isso não pode ser.

E eu : Pois não, mas se não a tomou, é porque nesta santa parvalheira, as vacinas obrigatórias estão esgotadas e eu não tenho culpa disso.

 

 

Resultado : virou-me as costas, pediu a enfermeira que desse a vacina do tétano a pirralha, porque já tinham chegado (quando a mim, a 1h atrás me tinham dito que ainda estavam esgotadas á já 3 meses) e nem me disse mais nada.

 

Oh pá, mas afinal, o raio do homem, ai desculpem outra vez "DR" acha-se quem? vê no sistema que entrou uma paciente da zona dele e achava que chegava ao pé de mim, a chamar-me como se eu fosse um animal no meio da rua, a dar-me ordens?

Não lhe admito, nem a ele, nem a ninguém.

 

Resultado : lá vou eu ter de ir ao Centro de Saúde pedir que me troquem de medico de família, porque honestamente ter uma pessoa como medico que é pior que um carniceiro, mal educado, arrogante a tratar conta da minha saúde, não me agrada. Mas também, verdade seja dito, em 5 anos, nunca lá fui. Nunca me viu mais gorda.

 

Como diz a minha sogra : valia mais estar a tratar de vacas. Mas como eu lhe respondi, coitadas das vacas....

 

Haja paciência.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub