Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

29.07.21

Será que aprendemos alguma coisa com os Ingleses?

Ninita

 

Sinceramente não me parece.

 

De cada vez que dão as noticias, vêm sempre a tona as noticias do Reino Unido e no aumento brutal de casos de infetados e do aumento brutal de pessoas a serem colocadas em isolamento, por contacto com pessoas infectadas.

 

Em França, no dia em que abriram as discotecas, havia filas e filas de pessoas para entrarem, como se a sua propria vida dependesse disso. No dia seguinte, muitos espalhados pelos cantos, bebados que nem cachos, a curtirem a bebedeira como se amanha podessem morrer (isto visto na realidade, ao vivo e a cores).

 

Em Portugal, apesar dos casos serem cada vez mais e do numero de mortos continuar a ser alto (pelo menos, no meu entender, qualquer que seja o numero, é um numero alto), o PM já fala em reduzir as restrições e por tudo "à Lagardère" e basicamente o que o homem quer é salvar o resto do Verão e meter toda a gente na rua, a consumir. O que tambem vai fazer com que as pessoas tenham de se vacinar (quase obrigar), para nao andarem sempre a fazerem testes e poderem ir aqui ou alem.

 

Alem disso, anda o senhor general, a dizer que ja se podem vacinar os maiores de 18 e estão a aguardar resposta da DGS sobre a vacinaçao dos maiores de 12, para que no começo da escola todas as crianças estejam vacinadas. Mas, o senhor general, esqueceu-se de uma pequena questão : NÃO HÁ VACINAS QUE CHEGUEM !!!!!!!! E pior, ainda nem os de 40 foram vacinados, quanto mais os mais novos.

 

Exemplo real : eu tenho 38 anos, pedi o agendamento em Julho, fui contactada para a primeira dose dia 15 de Julho, porque não havia vacinas. A segunda dose, se houverem doses, vai ser a 12 de Agosto. Mas, meu senhor, na semana passada, aqui na santa parvalheira, cancelaram as 2.ª doses a toda a gente, porque não chegaram vacinas. Por isso, não me venham cá com merdas, que os planos são completamente surrealistas. Dizem isto e aquilo, mas esquecem-se que se não ha vacinas, não se podem tomar, certo? Ou será que eu não sei fazer contas??

 

Compreendo o facto de querem e terem de abrir as coisas, porque a economia está nas lonas (não me lembrem que o meu local de trabalho depende de tudo aberto para poder funcionar e podermos trabalhar em condiçoes), mas caramba, não me digam que querem abrir tudo a custa de mais vidas? De mais mortos??? Sejam eles velhinhos de 90 anos, sejam eles jovens, crianças, o que seja. São vidas. Percebo que para o estado, foi uma limpeza (que deus me perdoe, mas é verdade), mas ficar com os mortos na consciencia, é coisa que não entendo.

Mas, ai está, eu não sou politica. Sou uma mera empregada, so serviço privado, a passar as passas do Algarve, para sobreviver e para ajudar o meu trabalho a não afundar, passado 21 anos de serviço.

20.07.21

Mas que 2 pares de jarras

Ninita

 

Nesta coisa das vacinas, admito, que me tenho mantido um pouco a parte. As duvidas eram algumas e claro, muitos receios, mas estava a chegar a altura da minha idade.

 

O gajo como faz varias viagens por ano e para nao andar sempre a fazer testes e mais teste, ja tinha tomado a 1.ª dose e decidi que estava na hora de agendar a minha.

 

A cerca de 3 semanas, mais coisa menos coisa, decidi fazer o agendamento e fiquei (ficamos todos aqui os do tasco) em lista de espera.

Ate que de repente, recebemos todos a mensagem, para sermos vacinados. Todos no mesmo dia, uns a seguir aos outros.

 

E pronto, na semana passada la fomos nos, em fila indiana, dar o braço ao manifesto e toca de meter cá para dentro a dita cuja vacina. Sabemos que não é a cura, nem pouco mais ou menos. E ate agora, todos nos temos safado dos covides. Mas, nunca se sabe. Temos a loja aberta, recebemos clientes, pelo que não estamos livres de apanharmos.

 

Agora, é esperar pela 2.ª dose. A parte curiosa é que tambem vamos todos no mesmo dia e se no dia seguinte algum se for abaixo das canetas, o outro vai ter de se aguentar a bomboca e vir abrir a loja. Vamos estar só nós os 2 ao balcão, pelo que se os 2 tivermos efeitos, estamos oficialmente lixados. Vai ser lindo.

 

Por isso, coleguinha do meu coração, nem eu, nem tu podemos ficar doentes, lembraste??? Por isso, nem que tenhas 40º de frebre, vens para a loja, aqui com a Ninita Maria, sim???

 

Não te esqueças, que somos as 2 flores aqui do jardim (as unicas), pelo que a jarra não pode ficar vazia, sim????

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub