Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

Ninita's

Quem sou eu? Simples, sou uma pessoa normal, que vive numa pequena cidade normal. Sou brincalhona, divertida, trabalhadora e muito simples. Na pratica, sou igual a todas as outras pessoas deste mundo. Bem Vindos a este "meu mundo virtual".

23.04.20

Mais uma a porta

Ninita

 

Estes dias tem sido difíceis. Ao ponto, que lancei um desafio e nem o fiz. Nem publiquei, nem escrevi. 

 

Já não bastava estarmos fechados, sem trabalhar, a obrigar a miúda a ver a tele-escola e a andar às turras com as aplicações para as aulas online, e ainda temos de lidar com dramas familiares, capazes de pôr qualquer um num estado de nervos horrível.

 

Já vos contei o caso da minha mãe. Pois, a coitadinha, que já nem se levanta pela sua mão. 

No sábado à noite, liga-me o meu pai, que ela se estava a sentir com falta de ar. Lá fui eu. E não hesitei. Liguei ao 112. Mas q filme. Passaram-me para 4 pessoas diferentes e respondi às mesmas coisas 4 vezes. Chegaram a conclusão que tinha de chamar uma ambulância. OK, liguei e mandaram-me ligar outra vez ao 112, pois eram eles q tinham de fazer o pedido. Ora fodasse. A mulher com falta de ar e andar a ligar para 300 pessoas.

Lá liguei e passado 1h (sim, leram bem, 1h para fazerem 8kms), lá vieram. Todos equipados, percebo. Mas 1h? Lá a levaram. Primeiro para 1 hospital pequeno, depois para Coimbra (para o centro covid). Lá, fizeram o teste e só após o resultado, foi enviada para outro hospital, onde poderia ser tratada. Pneumonia. Boa. Logo agora mãe? Sem saíres de casa a meses? Porra mae. Logo agora.😭

 

Entre levar oxigénio e antibióticos, continua internada. Acabei por ter de agilizar o apoio domiciliário, pois como no hospital viram q ela não se mexe e que como cai muito (basta estar sentada e deixa-se cair para a frente na cadeira), pensaram logo q as negras das pernas eram por ser mal tratada pelo meu pai. Pronto, lá fui tratar do apoio domiciliário, senão nem alta lhe dão. Mas depois perceberam que ela não se segura mesmo quando a tentaram sentar e concordaram que move-la é difícil e que por vezes, até na cadeira bate com as pernas (a não ser que fossemos 4 a levantá-la, cada um em sua ponta). 

 

Mas o que interessa, é ela recuperar e vir para casa. Vir para casa bem, com o tratamento a correr bem. O resto que se lixe. 

 

Mais uma para ultrapassar. Mais uma para me fazer cair e mais uma para me obrigar a levantar. 

 

Para piorar, o gajo dia 2 já vai embora. Não sei para onde, nem fazer o que, nem se vai passar sequer a fronteira, mas as ordens são para irem dia 2. Raio. Mais uma. Sozinha outra vez, com a escola em casa, sem trabalho, e com a minha mãe assim. 

Arre para isto. Porra para tudo. 

 

Eu sei que a vida tem de ser difícil, mas podia vir uma coisa de cada vez, não? 

Mas melhores dias virão. Assim o espero. Mas se calhar, vou-me sentar, bem confortável, porque ainda vou ter de esperar. 

 

14.01.20

Quem cá manda? Euzinha...

Ninita

Hello, bonjour, olá.....

 

Quem me segue, sabe bem que escrevo o que me vai na real mona e o que me apetece. Aqui, nesta casa (e na outra tambem, mas ninguem admite ), quem manda sou eu. Faço e desfaço como me apetece. Escrevo quando tenho tempo (o que nos ultimos tempos com a rabeta e o noddy de 4 pernas lá em casa, tempo é o que não há), escrevo o que me apetece, nem que seja uma bacorada qualquer, uma treta do arco da velha, um texto todo lindinho (que quando eu vou a ver, já alguem escreveu qualquer coisa parecida sem eu ter visto) e ate ja me aconteceu escrever uma coisa, deixa-la no rascunho, ir acabando e depois quando vou para partilhar vejo um exatamente parecido, com as mesmas ideias que eu escrevi (raio de sorte ).

 

E ao ler certos post, dá-me raiva. Oh pá, nunca tive um comentario negativo. Um hatter para me entreter Oh que pena....

Sim, estou a ser irónica, não me crucifiquem, sim???? Que isto anda um caos deste lado.

 

Sempre fui acarinhada, sempre me deram força. Sempre estiveram ai. Por vezes, quando vemos aquela pagina com as visualizações e afins, e ninguem nos visitou, até podemos ficar tristes e tal, porque ninguem cá veio. Mas, meus amigos, se eu tambem não publiquei nada de especial, porque raio haviam de ca voltar???

 

Eu sou daquelas, que quer la saber em ter muitas ou poucas visualizações (quer saber quero, mas só por questões contabilisticas, claro ).  Quero lá saber se estou la no fundo da lista dos post e comentarios. Mas quem é que quer saber??

Não quero ser nenhuma "influencer" (tenho ancas largas para isso e vivo na santa parvonia) , não sou linda de morrer, nem recebo presentes de empresas para publicitar (mas dava um jeitão daqueles receber amostras de perfumes e produtos para testar que estou a ficar sem nada ). Não escrevo todos os dias, porque tenho a vida demasiado preenchida. Não ando a por comentarios em todos e mais alguns para fazer com que venham ao meu estaminé.

 

E depois podem perguntar : então porque raio tens um blog?

Oh pá, meus amores, meus penicos voadores :

Porque sim.

E voces dizem : porque sim, não é resposta.

E eu digo : Porque me apeteceu. Porque quero ter um sitio onde despeje merdices sem jeito, onde possa escrever o que me da na real gana, porque quero mandar bacoradas. Por isso, porque sim.

 

E depois voces perguntam : e vais continuar a meter aqui parvoices e coisas estupidas sem nexo?

E eu respondo : SEMPRE QUE ME APETECER.

 

Afinal de contas, este espaço é meu, só meu e de mais ninguem !!!!!

 

Por isso, escrevam muito, partilhem tudo e mais um par de botas. Desde a vaca que nasceu por ter comido o boi, ou que viram as cuecas da vizinha. O que interessa é que voces se sintam bem. O resto, que se lixe.

 

Nota : e agora lembrem-se lá de se armar aos cágados e armarem-se em hatters, que levam um ensaio que já eram.

 

Assinado : Ninita Maria, a refilona.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blog Portugal

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D